Indicar ou não indicar um amigo para vaga?

0
352

A política de considerar a indicação de conhecidos dos colaboradores para novas vagas já é praticada por algumas empresas há algum tempo.

Em um momento em que o número de novas vagas é pequeno e o volume de profissionais procurando por uma recolocação é grande, essa indicação se torna um recurso valioso, tanto para a empresa como para quem é indicado.

No entanto, é preciso tomar alguns cuidados tanto quando se indica um profissional quanto quando se é indicado, para que seja algo positivo para todos os envolvidos. Por exemplo, não é adequado fazer uma indicação pensando apenas em ajudar um amigo desempregado.

É preciso que se certificar de que a pessoa que pretende indicar realmente tenha o perfil procurado pela empresa. Além disso, só indique pessoas que você tenha certeza de que irão dar o seu melhor para agarrar essa oportunidade, são comprometidas e levam o trabalho a sério.

Eu gosto de destacar esses pontos porque quando alguém do time faz uma indicação a empresa considera que aquela pessoa está recomentando aquele profissional, porque acredita que ele tenha o perfil da vaga e afinidade com a cultura da organização.
Ao mesmo tempo, do outro lado, seu amigo também acredita que está fazendo isso porque acha que ele tem boas chances de se dar bem. Então, para valer a pena para todo mundo e não estremecer as relações, considere todos esses pontos antes de fazer a indicação.

E lembre-se: por maior que seja a amizade com quem indicou, não vale passar informações privilegiadas sobre o processo seletivo. Para que essa relação seja ética, sua interferência deve ir apenas até a indicação.

Vale destacar que a atenção não deve ser cobrada apenas de quem faz a indicação. Para quem é indicado a uma vaga é importante ter consciência de que ser indicado não significa que a vaga é sua. Portanto, encare o processo seletivo como qualquer outro e dê o melhor de si. Neste caso, não é só a sua imagem que ficará marcada pela sua postura, mas a de quem te indicou também.

Se for contratado, procure agir de maneira neutra para não misturar as estações, principalmente se sua posição tiver relação direta com a de quem o indicou.

Quando esses pontos são levados em consideração, por ambos os lados, as indicações podem ser extremamente benéficas para todos. Então, anote essas dicas e não tenha mais receio em indicar quem você conhece e acredita ser um bom profissional.

Fonte: EXAME.com

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
21

Comments

comments

SHARE
Previous article10 dicas para a recolocação profissional
Next articleCartas de Recomendação de Emprego: confira dicas e modelos prontos
A Reserva Ativa é o primeiro portal de empregos e notícias para a família militar. Fundada em 2013 pelo 1º Tenente R/2 Galdino (foto) e pelo Sr. Fábio Ferreira, reúne milhares de vagas em todo o Brasil, além de diversas oportunidades profissionais e informações de interesse do público militar. Para parcerias e convênios: contato@reservaativa.com.br

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY

doze − dez =